U.Mode

Saiba qual o tipo de marketplace é o mais indicado para a sua estratégia

Marketplace é a estratégia de vendas cada vez mais usada no Brasil e no mundo por grandes, médias e pequenas empresas. Na América Latina, o principal marketplace que existe é o Mercado Livre, conhecido por pessoas de diferentes classes sociais e regiões do país. 

Mas, apesar dessa técnica de vendas já estar consolidada, ainda há quem não entenda direito o que significa marketplace, nem como ele funciona. Se esse é o seu caso, acompanhe este artigo para entender mais sobre marketplace e como ele pode ajudar nas vendas da sua marca.

Descubra qual o principal marketplace da América Latina. E saiba como acessar marketplace facebook. | Foto: Freepik.

O que é um marketplace?

Você já ouviu falar muito em marketplace e, com certeza, já viu essa palavra em várias redes sociais, como o Facebook, e sites pela internet. Mas o que significa marketplace afinal? O marketplace nada mais é do que um modelo de negócios que reúne várias marcas e produtos em um só lugar, facilitando as vendas. Essa iniciativa permite que o consumidor tenha a comodidade de encontrar o melhor preço para o que procura em um único lugar, sem precisar ficar navegando por vários sites até encontrar o melhor custo-benefício. 

No Brasil, o marketplace chegou em 2012 e já conquistou grandes marcas, como Americanas, Mercado Livre, OLX e muitas outras. Se você está pensando que as vantagens do marketplace só existem para o consumidor, você está enganado. As marcas que utilizam o marketplace para anunciar seus serviços e produtos têm várias vantagens com essa inovação. Daqui a pouco, você vai conhecer cada uma delas, mas, antes, vamos entender melhor como o marketplace funciona.

Como funciona o marketplace?

Um marketplace funciona como uma espécie de shopping virtual, no qual ele, que tem muito alcance de público, fornece um espaço para que as marcas anunciem seus produtos e serviços. 

Assim como nos shoppings, a marca que usa os serviços do marketplace precisa pagar uma porcentagem do lucro, obtido por meio das vendas, pelo espaço utilizado. No entanto, esse valor não torna o marketplace desinteressante para a marca que a utiliza, porque, além do maior alcance que a marca conquista, ela ainda tem outras vantagens, como a centralização do pagamento na hora da compra. E, claro, outras vantagens do marketplace que você vai conhecer daqui a pouco.

Por enquanto, vamos explicar os passos iniciais de como anunciar no marketplace, levando em consideração requerimentos em comum entre eles. Mas lembre-se de que cada um dos marketplaces podem pedir algo a mais, assim, o que você vai conferir a seguir são orientações gerais de como acessar marketplace. 

Em primeiro lugar, a marca deve realizar o cadastro no marketplace de sua preferência, fornecendo nome e CNPJ da empresa. Em seguida, deve fornecer os dados do produto ou serviço que deseja vender, como preço, ficha técnica, estoque e condições de frete.

A partir disso, a marca já estará pronta para as vendas dos seus produtos e serviços no marketplace, precisando apenas responder às dúvidas dos clientes, cuidar da entrega dos produtos e da troca de banners de divulgação. 

É importante que esses banners estejam atualizados para atrair o cliente a comprar com a sua marca em vez da concorrente. Lembre-se de que pode haver várias outras marcas vendendo o mesmo produto, portanto, a sua marca precisa se destacar para garantir o sucesso das vendas

O destaque é outro fator importante para se atentar em um marketplace. Devido à concorrência, você deve ter o cuidado de manter os dados dos produtos atualizados, oferecer bons preços, um prazo de entrega curto e, claro, oferecer os produtos da sua área que os usuários do marketplace estão buscando.

Quais são os tipos de marketplace?

Você já sabe o que é marketplace e, de maneira geral, como ele funciona. Mas esse modelo de negócios tem as suas variações, cada uma atendendo a um objetivo diferente. Basicamente, existem três tipos de marketplace: o de varejo, atacado e aquele que atende às demandas. 

Nesse momento, você deve estar pensando “qual tipo de marketplace eu devo usar?”. Isso vai depender dos objetivos da sua marca. Se o seu negócio vende produtos em grandes quantidades, atacado, a melhor opção é marketplace de atacado. 

Se a sua empresa vende os produtos por unidade, varejo, então o melhor é o marketplace de varejo. E ainda, se a empresa realiza vendas das duas formas, nada melhor do que usar o marketplace de varejo e atacado. 

Outro fator importante para se tentar na hora de escolher o marketplace, no qual você irá anunciar a sua marca é o nicho dele. Por exemplo, se a sua marca vende roupas a varejo, você pode investir em um marketplace de roupas, além daqueles que vendem produtos de todos os tipos.

Quanto custa um marketplace?

Existem vários marketplaces no Brasil e cada um deles escolhe o seu próprio valor de cobrança. Entretanto, esses valores seguem alguns padrões em comum na hora de realizar a cobrança. 

O primeiro padrão em comum nos marketplaces é a cobrança ser realizada por meio de um percentual que incide sobre cada venda feita dentro da plataforma. O segundo padrão é a cobrança variar entre 10% e 16% sobre os valores das vendas. 

Para deixar mais claro, vamos supor que a sua marca tenha vendido um produto de R$ 100 dentro de uma plataforma de marketplace, que cobra 16% sobre as vendas. Nesse caso, a marca iria pagar R$ 16 por utilizar a plataforma.

Por que ter um marketplace?

As vantagens de usar um marketplace compensam o valor a ser pago para a plataforma e até a concorrência no mesmo site. Vejamos algumas das vantagens do marketplace:

1. Visibilidade

Marketplaces são espaços com muita visibilidade entre diferentes tipos de público. Eles alcançam mais pessoas, de norte a sul de um país, com mais facilidade do que o site de uma loja faria. Assim, quando a sua marca anuncia em um marketplace, ela ganha a chance de ampliar os seus clientes, além de facilitar as compras dos clientes antigos.

2. Redução de custos com publicidade

Como dissemos anteriormente, os marketplaces têm uma enorme visibilidade. Isso se deve às ações de marketing e publicidade que essas plataformas contratam. A questão é que toda a visibilidade que os marketplaces têm acaba sendo benéfica para a marca, que por estar na plataforma, ganhou ampla visibilidade sem ter que investir um valor alto em publicidade e marketing.

3. Aumento das vendas

O amplo alcance que os marketplaces têm se converte de forma positiva para as vendas das marcas que o utilizam. Por serem expostas a milhões de pessoas, de norte a sul, e por estarem em plataformas seguras, que garantem a qualidade e entrega do produto, as marcas têm suas vendas aumentadas.

3 principais marketplaces

Se depois de descobrir o que é marketplace e como ele funciona você ficou pensando em anunciar a sua marca em um deles, a gente te apresenta alguns marketplaces famosos que podem te ajudar nas vendas.

1. Facebook

O Facebook não é apenas uma rede social, mas também um marketplace de alcance mundial. O marketplace do Facebook foi inaugurado em 2016, e desde então só vem crescendo. 

A vantagem dele em relação aos outros marketplaces é que o Facebook não cobra comissão pelas vendas. Entretanto, como ativar o marketplace no Facebook? Você deverá acessar o site do Facebook, clicar em “marketplace” no menu à esquerda da tela e depois na opção “vender mais um ítem.” A partir desse passo, você deverá aceitar a política de uso do Facebook e dar os detalhes do produto.

2. Dafiti

A Dafiti é um marketplace de vendas de roupas, calçados e acessórios. Seu alcance é de 10 milhões de pessoas, mas ainda pode crescer mais. 

Para as marcas que trabalham com vendas de roupas, a Dafiti pode ser uma ótima opção para ampliar as vendas, já que, além do espaço digital do marketplace, conta com newsletter e redes sociais.

3. Mercado Livre

O Mercado Livre é o principal marketplace não apenas no Brasil, mas em toda a América Latina. Nele, é possível anunciar diversos tipos de produtos e centralizar o recebimento dos pagamentos na plataforma. Para melhorar, o Mercado Livre ainda pode gerir os estoques e distribuição de produtos aos clientes. Facilita demais as vendas, não é mesmo?

Conheça a Umode

Agora que você já sabe o que é marketplace e qual é o principal marketplace do país, você precisa conhecer a Umode. A Umode é uma plataforma que ajuda estilistas no processo de desenvolvimento de uma coleção de moda, organizando e agilizando as composições.

Mas isso só é possível porque na plataforma da Umode, todo o time de criação tem acesso às etapas de criação, a relação de tarefa e pessoa responsável por ela, análise do pré-custeio da coleção e muito mais. Se você trabalha no mercado da moda, traga a sua marca para a Umode, saiba mais sobre marketplace e permita-se criar de maneira mais organizada.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: