U.Mode

fashion plm

Por que a moda precisa trabalhar na velocidade do digital?

O mundo da moda vem sofrendo mudanças constantes e cada vez mais marcantes com o começo da pandemia do coronavírus. Assim como a maior parte das áreas profissionais, a moda também está mergulhando mais no meio digital com a tecnologia associada às redes sociais.

Dessa forma, a U.Mode entende a necessidade de um trabalho associado com a velocidade digital que o ciberespaço tem proposto a cada dia. Entenda mais, a seguir!

Entenda a importância da moda trabalhar na velocidade digital | Foto: Freepik

Moda no ambiente digital

A realidade imposta pela Covid-19 trouxe ao mundo da moda novas perspectivas como o e-commerce, também conhecido como comércio virtual. Nesse sentido, realizar a tarefa de conquistar os consumidores tem sido mais difícil, pois o meio digital requer rapidez, dinâmica e planejamento, além de novidades constantes.

“Pressão, incerteza e risco! Pandemia, mercado, desafios operacionais e objetivos estratégicos, os próximos anos não serão fáceis. As restrições de abertura forçaram as marcas a adentrarem repentinamente o e-commerce e nesse ambiente os consumidores querem novidades constantes”, diz a CIO da U.Mode, Anay Zaffalon (@anayzaffalon) no Instagram.

Tendo isso em vista, as redes sociais são os espaços virtuais que mais proporcionam o encontro do mercado da moda com os consumidores. Ora podendo transformar uma coleção de moda em um fenômeno global, ora não conseguindo atingir a grande parte do público que se almeja. Contudo, continuam sendo canais viáveis e importantes para atender demandas de vendas sem prejudicar a marca, serviço e qualidade que antes eram fornecidos presencialmente.

 As redes sociais e a moda

Com o foco voltado nas redes sociais, o mundo da moda tem desenvolvido um planejamento estratégico e enfrentado desafios operacionais.

A criação, desenvolvimento e compra do produto já se manifestam em um ritmo totalmente diferente do que os profissionais da moda estavam acostumados. Logo, a dinâmica da colaboração virtual devido ao home office traz a necessidade de adaptação por conta de um prazo cada vez mais curto demandado pelo consumidor.

Além disso, há também a preocupação com o que o cliente deseja ver, porque a necessidade de entender padrões comportamentais é cada vez maior para conquistar esses consumidores. Muitas empresas digitais aumentam suas vantagens por terem mais contato com o ciberespaço e a experiência com recomendações baseadas em Inteligência Artificial (IA), por compras memoráveis, devoluções fáceis e entregas quase que instantâneas.

Apesar de parecer difícil competir com empresas que já contêm experiências, é importante que aqueles que desejam se destacar nessas plataformas digitais entendam como impulsionar a transformação digital, otimizar os processos e reduzir o time-to-market, ou seja, diminuir o tempo desde a produção de um produto até a entrega para o cliente.

Para entender mais sobre como ser notável nas redes sociais diante do mundo da moda, a CIO da U.Mode, Anay Zaffalon, responsável por criar conteúdos relacionado ao mundo fashion e com mais de 20 anos de experiência profissional, sinaliza a importância das plataformas digitais e a velocidade do digital para a moda.

A moda na velocidade do mundo digital

De acordo com um estudo realizado pela McKinsey, cerca de 93% dos executivos de moda desejam melhorar a agilidade e transparecer com mais eficiência suas cadeias de suprimentos e diminuir consideravelmente o tempo entre a criação e o produto finalizado nos lugares de venda. Entretanto, essa velocidade não é tão fácil de ser conquistada.

Somada a uma boa estratégia, é importante que as empresas compreendam também as novas tecnologias e adentrem nesse meio digital em busca de um bom desempenho. A velocidade que se deseja será conquistada com a análise e o uso de dados em cada parte de um ciclo nas redes sociais, como postagens, stories, vídeos e entre outros recursos.

“É essencial adotar o nível de SKU e monitoramento instantâneo das vendas realizadas, pois nesse ritmo a empresa estará com uma boa otimização na produtividade e os produtos serão digitais, com protótipos 3D e fitting virtual”, afirma Anay Zaffalon.

Conheça a plataforma da U.Mode!

Apesar de todas as perspectivas apresentadas para a inserção no mundo digital, principalmente pelas redes sociais, a velocidade da tecnologia avançada na área da moda é imprescindível. Pensando nesse objetivo, a solução ideal está na plataforma de fashion PLM U.Mode, totalmente brasileira, que ajuda no processo de digitalização do desenvolvimento de coleções de moda. Para mais informações acesse o site!

1 comentário em “Por que a moda precisa trabalhar na velocidade do digital?”

  1. Pingback: Como a CEO mais bem paga do Reino Unido utilizou a tecnologia a seu favor - U.Mode

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: