U.Mode

fashion plm

Ficha Técnica: veja os 4 erros mais comuns na elaboração

Ter o planejamento e a produção da sua coleção de moda em uma ficha técnica é essencial para o bom andamento dos trabalhos de construção das peças. É através disso que as diretrizes de trabalho dos colaboradores são expostas. Por isso, confira as dicas da U.Mode a seguir!

Veja aqui os erros mais comuns na elaboração de uma ficha técnica de moda | Foto: Unsplash

Ficha técnica de moda

Na ficha técnica de moda estarão as principais informações para a produção das peças, como custo, prazo, matérias-primas, tipo de corte e muito mais. Todos os setores de produção, em algum momento, irão recorrer a uma ficha técnica para analisar se estão seguindo as diretrizes corretamente.

As fichas técnicas são super importantes para o controle e análise da produção. Contudo, uma ficha técnica mal elaborada e/ou com erros pode ao invés de auxiliar o bom andamento dos processos, prejudicá-los. Por isso, é interessante conhecer alguns dos erros mais comuns e assim evitá-los.

4 erros mais comuns na elaboração de uma ficha técnica de moda

1. Elaborar fichas técnicas gerais

Esse é um erro muito comum e que pode ser bastante prejudicial para o desenvolvimento de sua coleção de moda. É algo rotineiro fazer uma ficha técnica geral e distribuir por todos os departamentos e setores, ignorando as especificidades de cada um.

Alguém do setor de compra de matéria-prima, por exemplo, não necessita de informações sobre cortes e costuras. Da mesma forma que informações muito detalhadas sobre os materiais de produção podem não ser necessárias para as pessoas responsáveis pela costura.

Portanto, é necessário entender quais detalhes são necessários em cada parte do processo de produção de uma peça de moda e saber reparti-las em fichas técnicas específicas que serão distribuídas para os departamentos responsáveis.

2. Elaborar fichas técnicas longas

Esse é um erro que costuma ser feito em conjunto com o anterior. Justamente por não separar as informações e distribuí-las da melhor forma, um erro comum é fazer uma ficha técnica geral enorme, composta por várias páginas.

Nem preciso dizer que isso não é nem um pouco interessante e sustentável, não é mesmo? Ninguém gosta de procurar algo entre várias informações irrelevantes e sem sentido para a sua função. Fichas técnicas longas podem gerar confusão e confundir a pessoa que a lê. Busque sempre expor as informações de maneira objetiva e específica para cada setor.

3. Menosprezar o desenho técnico

Dentro de uma linha de produção de moda, o desenho técnico desempenha um papel importantíssimo na identificação do produto. No entanto, muitas vezes o desenho na ficha técnica é mal dimensionado e sem informações importantes. Por isso, é fundamental analisar o tamanho e as informações expostas no esboço.

É importante entender que o desenho técnico não é uma simples ilustração da peça, mas sim uma forma de auxiliar a compreensão dos processos de execução da peça. Várias vistas, além do obrigatório frente e costa, são interessantes e podem diminuir erros de produção.

4. Falhas de cálculo

Outro erro comum em fichas técnicas, seja por um descuido ou mesmo por falta de organização. As falhas no cálculo de matérias-primas ou informações mal explicadas podem induzir ao erro das pessoas responsáveis pela compra, por exemplo.

Assim é possível que ocorram atrasos e/ou perdas financeiras. Portanto, é sempre importante revisar os cálculos e ver se os resultados obtidos estão expostos de maneira objetiva e de fácil entendimento nas fichas técnicas distribuídas.

A digitalização como uma solução

Atualmente, para diminuir ou mesmo eliminar certos erros nas fichas técnicas de moda, existem diversas ferramentas para digitalizar os processos de produção e planejamento de uma coleção de moda.

É justamente nesse nicho que a U.Mode se especializou. A empresa é uma plataforma de fashion PLM totalmente brasileira e que oferece inúmeras soluções digitais para facilitar os processos de produção e controle de sua coleção.

Com a U.Mode é possível, além de gerenciar digitalmente o ciclo de vida de seu produto (PLM), fazer fichas técnicas digitais. As fichas técnicas digitais da U.Mode oferecem vantagens bastante úteis e interessantes.

Quantas vezes já parou para ir buscar o Pantone Book, para elaborar uma ficha técnica? Nas fichas técnicas da U.Mode não é preciso, pois a própria plataforma oferece a possibilidade de buscas as cores por nome, código ou miniatura.

Com a ficha técnica de moda digital é possível anexar arquivos diversos para auxiliar no entendimento das informações do leitor e do setor responsável. Ficou interessado na nossa plataforma? Clique aqui e entre em contato conosco para conhecer melhor as soluções que oferecemos para sua coleção de moda!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: