U.Mode

Como adaptar as máscaras de tecido à sua coleção de moda

Com a pandemia do coronavírus, o uso de máscaras tornou-se obrigatório em diversos lugares do mundo. O método de prevenção da doença fez com que os brasileiros percebessem que elas podem ser uma parte versátil e indispensável do look do dia a dia. Por isso, investir nesse novo item de moda é essencial.

A seguir, saiba como adicionar as máscaras à sua coleção de moda e como torná-las ainda mais atrativas aos olhos dos consumidores!

Máscaras personalizadas

O primeiro passo é idealizar algo novo, atrativo e que fuja do convencional, ou seja, que se destaque entre as diversas opções presentes no mercado. Uma maneira para isso é o uso de estampas com cores vivas e diferentes, que combinem com as peças da coleção. Assim, é possível usar a máscara de tecido com outras peças, “brincando” com cores e texturas. Outro diferencial pode ser investir em formatos e materiais diferentes, que possibilitem a pessoa a ousar no dia a dia, além de poder expressar-se por meio do acessório. 

Apostar na criatividade é o caminho para tornar a coleção única. Além disso, peças personalizadas são maneiras de deixar tudo criativo e fashion. Diversos artistas estão apostando em máscaras com pedrarias ou taxas, o que dá mais personalidade ao acessório e a quem está usando. Esses detalhes ajudam a sair do convencional.

Estampas

As estampas podem ser o diferencial de uma máscara. Apostar nesses tecidos pode ser uma característica única da sua coleção. Combinar com blusa, tiaras, calças ou outros elementos, é uma ótima saída para torná-la ainda mais atrativa aos olhos do cliente. Além disso, as cores são fundamentais para a construção do acessório: escolher uma boa paleta é essencial. Tons claros ajudam a balancear a combinação, enquanto os escuros são o destaque da roupa.

Trabalhe as cores a favor do tecido e utilize como referência os tons das outras peças. Estampas mais minimalistas podem ser a chave para algo único: pequenos detalhes fazem a diferença. Aposte em padrões simples ou estampas detalhadas, pois sempre são destaques.

Cores

Uma paleta de cores bem pensada é fundamental: pense em opções que combinem entre si. Não é necessário usar os mesmos tons na máscara e nas outras peças. Pesquise quais estão na moda, quais destacam-se dentro das grandes marcas e, até mesmo, as cores que as pessoas buscam usar no dia a dia. Ousar com peças mais claras e uma máscara escura, ou vice-versa, pode ser uma alternativa. Os tons pastéis e neons contrastam-se e estão em alta, sendo uma tendência para o verão de 2020. 

A moda Tie-Dye retornou com força este ano: uma coleção pensada nesse estilo será atrativa. Máscaras assim são coloridas e fáceis de combinar com peças de roupa clara, uma ótima opção para quem deixa o acessório como algo principal no look. As cores que predominam nesse padrão são rosa claro, azul claro e amarelo.

Básico

Outra maneira de combinar sua coleção de moda com as máscaras de tecido é deixar o acessório básico. Cores neutras podem ser uma boa aposta, deixando a ousadia para as outras peças do vestuário, o que torna o modelo equilibrado. Essa tendência é seguida por diversas pessoas que apostam em máscaras brancas, beges e azuis, sem estampas ou detalhes. A riqueza também está na simplicidade.

O ideal é pensar em cores neutras que combinem com as estampas, tons e texturas das outras peças, sempre visualizando como ficariam todos os itens juntos. Máscaras mais simples são uma boa opção para o dia a dia e para aqueles que preferem destacar-se com a escolha da roupa.

As máscaras são os acessórios da vez e, provavelmente, serão itens permanentes em nossas vidas, como um método de prevenção de diversas doenças. Elas podem ser adicionadas de diferentes maneiras à sua coleção de moda, conectando-se por meio de cores, estampas ou personalizações. A melhor maneira de produzi-las é ter sempre em mente o desejo dos consumidores e as tendências que surgem na área.

Ao idealizá-las, não se esqueça do que mais importa: a qualidade do tecido e as camadas protetoras. Uma máscara de tecido eficiente possui uma camada externa, com resistência à água, uma camada interna que seja capaz de absorver a água e uma intermediária, que servirá de filtro. A máscara não é apenas um acessório de moda, mas sim um método preventivo de enfermidades. Por isso, prezar pela qualidade é essencial.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: