U.Mode

Como dobrar o faturamento em períodos sazonais?

Existem determinados períodos do ano que costumam representar um aumento significativo de vendas para o comércio. Geralmente, eles são conhecidos pelos varejistas e muitos deles criam estratégias específicas para cativar os consumidores nesses períodos férteis. Para a indústria da moda não é diferente, também existem datas específicas que apresentam crescimento nas vendas do setor. Confira algumas dicas de como aproveitar esses momentos.

Mas quais são essas datas?

Essas datas “especiais” podem ser divididas em, ao menos, três classificações.

  • Datas sazonais: são as datas que, ao longo dos anos, mostraram-se relevantes para as vendas ou para a mídia. Exemplo: Black Friday;
  • Datas promocionais: são datas utilizadas por empresas para oferecer descontos em seus produtos. Exemplo: Prime Day;
  • Datas comemorativas: são datas em que se comemora a existência de algo ou alguém. Também podem lembrar um fato histórico. Exemplo: Páscoa.

Diferença entre datas comemorativas e sazonais

Como já falado anteriormente, as datas comemorativas comemoram algo ou alguém, e podem, eventualmente, aumentar o número das vendas. O Dia dos Pais, por exemplo, é uma data comemorativa que costuma representar aumento nas vendas, o que a transforma em uma data sazonal também, já que muitos filhos presenteiam os seus pais.

No entanto, nem sempre uma data comemorativa representa uma data sazonal. O Dia do Professor, por exemplo, é uma data comemorativa mas não costuma apresentar um aumento significativo nas vendas. Ou seja, não pode ser considerada uma data sazonal. Da mesma forma, uma data sazonal nem sempre representa uma data comemorativa. A Black Friday, por exemplo, é apenas uma data sazonal pois não comemora nada.

Datas comemorativas para moda

Existem datas comemorativas específicas que costumam representar um aumento nas vendas e no faturamento dos varejistas de moda. Dentre todas, as mais vantajosas ainda são: fim de ano, Natal e Ano Novo. Só em 2018, esses períodos renderam R$ 34,39 bilhões em faturamento para os varejistas do setor, de acordo com o IEMI – Inteligência de Mercado. Durante esse tempo, é comum a troca de presentes entre familiares e amigos, além da superstição de virar o ano com roupa nova. Esses aspectos acabam por tornar o final do ano uma época extremamente proveitosa para a indústria da moda.

Como aproveitar as datas sazonais para a moda?

A moda assim, como os demais setores, pode aproveitar-se das datas sazonais e aumentar seu faturamento. Siga algumas dicas para o melhor aproveitamento possível desses dias “especiais”!

Pense na coleção de moda

Certas datas sazonais exigem roupas específicas. Conhecer as particularidades de cada uma é imprescindível para um bom aproveitamento das mesmas. Durante as festas juninas, aumenta-se a procura por peças (geralmente camisas) com estampas em xadrez quadriculado. Já no Ano Novo, é tradição optar por roupas brancas. É interessante o varejista prestar atenção e preencher seu estoques com peças condizentes com a procura sazonal.

Pense em descontos

Uma dica para alavancar vendas, independente da data, é oferecer descontos. Afinal, qual cliente não se sente empolgado com um descontão?! É interessante saber utilizar as reduções de preço nos períodos propícios. Por exemplo, existem datas sazonais como a Black Friday, que são baseadas em descontos. Mas, mesmo em datas não baseadas em descontos, a redução dos preços pode atrair consumidores. Exemplo: oferecer desconto para o filho que comprar duas peças (uma para ele e outra para a mãe) no Dia das Mães.

Pense em incentivos

Independentemente da data sazonal, pensar em incentivos é algo interessante. Esses incentivos podem ser, por exemplo, brindes ou mesmo descontos na compra de uma segunda peça. Pensando nas datas comemorativas, podemos falar em calendários temáticos com a logo de sua marca no Ano Novo ou canecas no Dia dos Pais como brindes ao efetuar a compra. Sua criatividade é que irá fazer a diferença no momento.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: