U.Mode

O mercado de ERP no mundo têxtil

Cada vez mais amplo, o mercado de ERP no Brasil conecta-se também à indústria têxtil, atuando na integração de dados e no aumento da produtividade. Confira o que significa a sigla e como funciona esse sistema de gestão!

O que é ERP?

Enterprise Resource Planning, ou simplesmente ERP, é o nome dado a um Sistema Integrado de Gestão Empresarial. Esse sistema corporativo consiste numa forma de suporte aos funcionários de uma empresa, atuando como uma gestão de recursos que permite o acesso rápido, prático e confiável aos seus dados, facilitando diagnósticos de possíveis melhorias e reduções de gastos. O mercado de ERP, por mais que ainda não explorado por alguns, está cada vez mais presente em ramos da indústria têxtil, destacando-se como um facilitador da comunicação entre as pessoas e uma forma de controlar finanças, administrar vendas, pedidos e outros pontos atrelados à uma coleção de moda.

ERP Sisplan e seus usos no mundo têxtil

Desenvolvedora de softwares há mais de 20 anos, a Sisplan é um dos grandes nomes nesse mercado, e tornou-se uma empresa fonte de suporte para as startups no ramo da indústria têxtil. Além disso, ela é parceira da U.Mode. O ERP Sisplan, solução que passa por constantes melhorias e aperfeiçoamentos pelas equipes da empresa para garantir a otimização do atendimento, pode trazer dados de gerenciamento de sua coleção de moda que demonstram qual produto foi o mais (ou menos) vendido, em qual época as vendas foram melhores, dentre outros facilitadores para possíveis rearranjos na linha de produção e distribuição. A gestão de materiais é outro ponto de atuação importante do ERP no ramo têxtil, já que obter um controle de quanta matéria-prima será necessário para a realização de determinado ciclo produtivo, por exemplo, é uma das bases principais da coleção de moda.

Além de tudo, o sistema oferecido pela Sisplan é flexível. Isso significa que o ERP pode ser adaptado da melhor maneira para cada empresa, visto que cada uma pode requisitar modelos diferentes dessa ferramenta de acordo com sua dinâmica particular. Assim, as demandas rotineiras de cada um podem ser supridas e encaixadas facilmente nesse sistema, integrando os diferentes setores envolvidos na produção, independente de como eles sejam estruturados na sua empresa. Desde estamparia, bordados, tinturaria, confecção, até a própria loja, o ERP é apto a ser utilizado sempre de maneira especializada.

Assim, o crescimento de seu negócio torna-se muito mais prático e rápido. No caso de uma startup, desenvolver-se mais focada nas demandas de oferta e procura do mercado consumidor e compreendê-lo desde já pode ser uma maneira mais fácil de alcançar metas. Saber interpretar os dados que giram em torno dos membros do ciclo produtivo é essencial para o sucesso de sua coleção.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: